All posts tagged: madeira

PreviousNext

Bampoio

“Bampoio” faz parte da minha pesquisa de design que busca o baixo impacto e reciclagem em sua matéria prima. No caso a “Bampoio” faz parte de uma coleção que usa o bambu como elemento estrutural. Ela é feita de bambu, uma pequena tábua de pinus de reflorestamento e uma “cinta” de borracha de câmara de ar de carro reciclada. A mesa de apoio foi pensada para ambientes pequenos que precisam de espaço e um certo dinamismo na construção de novos layouts. Podem funcionar como uma bandeja, um apoio na areia da praia ou até mesmo uma pequena mesinha de canto dentro de casa ou no quintal. Montagem, desmontagem e fácil armazenamento quando desmontada são os fatores que fazem dessa mesa apoio mais que uma peça decorativa “sustentável” mas uma peça funcional para uma vida dinâmica, com poucos recursos e espaço. Desenho e construção em 2016 em minha oficina. Banco “Bampoio” […]

PreviousNext

Mesa Re-Compasso

Mesa Re-Compasso feita de descarte. Madeira tipo: Ripa de Maçaranduba e Assoalho de Ipê. Medidas: Tamanho tampo 176,0 x 67,5 cm Altura 75,5cm Peça única. Valor de venda R$ 2.200,00 Contato > email: contato@flaviolazarino.com  

PreviousNext

Projeto Showroom Sustentável Homem-Árvore

Projeto de autoria do Estúdio e Ateliê de experimentação Flávio Lazarino em parceria com o espaço 88yoga88 Copacabana. O Showroom Sustentável Homem-Árvore é mais um empreendimento do estúdio, um espaço dedicado a venda de produtos sustentáveis criados em nosso ateliê.   Com muitas experimentações e pesquisa estamos desenvolvendo produtos ecologicamente amigáveis (eco-eficientes), e por nessecidade pensamos em um espaço para o público conhecer nossos produtos e comprar, com isso nasceu a ideia do ShowRoom Sustentável todo desenvolvido em madeira de reflorestamento em um espaço de saúde e bem estar. Essa é a proposta desse novo empreendimento que finalizamos no final de 2012 e já estamos criando novas possibilidades. Arte, moda, design, em um espaço dedicado a saúde do corpo físico e mental.   Ficamos em Rua Francisco Sá 51, Lj. 22 Copacabana posto 6.

PreviousNext

Eu Quero Festival + FARM, no Circo Voador

Instalação/cenário feito em madeira de caixotes, fios de algodão colorido e poster art para ambientação do palco externo do festival realizado pela FARM e Eu Quero Festival no Circo Voador. Trabalho em parceria com os artistas Eduardo Denne e Felipe Bardy. + http://www.farmrio.com.br/adoro/2011/11/08/o-festival-primeiro-dia/  

Continue Reading

Objeto ZN´s

  O objeto de arte apresentado se dividia em 3 módulos multimída. ZN_###_0.1_subindo; ZN_###_0.2_transitando; ZN_###_0.3_rezando.   Cada módulo é feito de madeira, prego, parafuso, circuitos, lambe-lambe, propagandas ilegais e sons recolhidos em diferentes localidades do Rio de Janeiro. Zonas rurais, urbanas e suburbanas. Cada escultura é um passeio áudio-visual do ser suburbano.   As esculturas ZN’s fazem parte do estudo sócio-ambiental do low tech e arquitetura do “lixo”: produtos eletrônicos “xing ling”, madeira reutilizada, restos, sobras e construção de gambiarras. O trabalho vislumbra a estrutura social urbana nos subúrbios cariocas: forma, construção e poesia. E é a representação plástica das novas possibilidades perecíveis do novo mundo.   Objeto ZN´s está exposto no Brazilian Street Art, Galeria de arte Espace_L em Genebra, Suíça / 2012.   Sons objetos:     Exposição Brazilian Street Art, Galeria de arte Espace_L em Genebra, Suíça / 2012:   O espace_L é um lugar dedicado à […]

Continue Reading

Bicicletário e mais Mobiliários Sustentáveis

Que tal pensar no mobiliário que tenha duas funções. Essa foi a ideia executada no projeto para o 88yoga88 Copacabana, em parceria com a etiqueta Homem-Árvore. O projeto foi gerado por uma demanda de reestruturação e valorização do espaço externo do estúdio de yoga em Copacabana.   Com criatividade pensamos em uma solução que traria não apenas o aspecto funcional nas nessecidade apresentadas pelo cliente, mas sim de utilidade do espaço em todos os momentos. Com isso adicionamos um jardim há um bicicletário de madeira. Sim um bicicletário todo em madeira de baixo impacto onde instalamos um jardim de temperos e flores, para que em todos os momentos o mobiliário tivesse alguma função.   Atualmente o bicicletário está instalado dentro de uma galeria e por esse motivo acreditamos na utilização da madeira de baixo impacto como matéria prima. Lembrando que para ser usado em espaço público a madeira trabalhara deve […]

Continue Reading

Cenário Acervo Exposição 30 anos Circo Voador.

Uma honra ser convidado para fazer o cenário do Acervo Digital na Exposição de 30 anos do Circo Voador. “O Circo Voador,  um dos principais points de show no RJ, vai abrigar entre os dias 27 de setembro e 27 de novembro uma exposição  sobre seus trinta anos. São fotos, vídeos e memorabília que fazem referência às três décadas de contribuição cultural e que poderão ser apreciados pelo público durante os shows da lona.”  No220 Foi criado um espaço todo de madeira, onde os visitantes da exposição podiam selecionar vídeos e conferir a maquete do “Circo”. Para isso foram desenvolvidos um Totem em madeira bem diferente dos existentes, algo que lembrasse as estruturas de ferro do primórdios do Circo Voador. Também foi criado uma mesa para maquete e a ambientação do espaço. Todo o trabalho foi feito em madeira de baixo impacto e pallets. Já já você vai poder conferir as fotos. + sobre […]

Continue Reading

Exposição Museu da República

Escultura sonora talhada em madeira, grama viva e auto falantes internos que reproduziam o som de shapes batendo (madeira de skate em uso) envolvia todo o ambiente da galeria, no Museu da República. “A madeira não perde sua essência  mesmo como objeto”. Essa era a função da obra, que trazia essa estética transitória do bruto para o objeto/produto skate, com o som de estalos e choques que ocorrem quando são feitas as manobras do skate intercalavam com o da madeira serrada, queimada e quebrada, o som de uso são os mesmos, não existe diferença, pois a matéria não mudou e apenas a forma que diferencia o objeto. A obra de arte fez parte da exposição REPÚBLICA DO SKATE, Subversão do Uso.